CIVITATE - INCENTIVADORES

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

O LOBO E O CORDEIRO

"A um mesmo córrego chegaram certa vez um lobo e um cordeiro, levados pela sede. O lobo estava numa posição mais acima; muito mais abaixo se encontrava o cordeiro. Então, movido por uma fome terrível, o lobo arranjou um pretexto para discussão:
— Por que você turvou a água que eu estou bebendo?

O cordeiro, com medo, respondeu:
— Como posso eu, me diga, fazer aquilo de que você se queixa, lobo? A água corre de onde você está até aqui, onde estou bebendo.

Repelido pela força da verdade, o lobo replicou:
— Há uns seis meses atrás, você falou mal de mim!

O cordeiro, por sua vez:
— Mas eu nem era nascido há seis meses atrás!

— Então foi seu pai que falou mal de mim! Disse o lobo e, agarrando o cordeiro, devorou-o, dando-lhe morte injusta."

(Fonte: Esta fábula foi escrita por Fedro, no Século I, d. C., pensando nas pessoas que se servem de pretextos para oprimir os inocentes).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.