CIVITATE - INCENTIVADORES

sábado, 28 de novembro de 2009

ESTADO BLOQUEIA 6.667 BENEFÍCIOS

"R$ 8,4 mi serão bloqueados."

"Mais de seis mil pessoas poderão ter seus benefícios, incluindo a 2ª parcela do décimo terceiro, bloqueados
."

"Mais de R$ 8,4 milhões em benefícios pagos a 6.667 pensionistas e servidores públicos aposentados de todo o Ceará, que ainda não se recadastraram neste ano, poderão ser bloqueados nos próximos dias primeiro e dois do próximo mês, pelo governo estadual, através da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

O montante corresponde a aproximadamente 8% do valor total da folha pagamento mensal, que remunera 62 mil beneficiários cearenses.

Segundo a Seplag, pouco mais de 55 mil pessoas já efetuaram a atualização cadastral e não correm risco de perder a aposentadoria ou pensão.

Contudo, 18 mil benefícios chegaram a ser bloqueados durante o ano inteiro, só que 93% desse total conseguiram reaver a remuneração, através da efetivação do novo cadastro. "Das pessoas que precisam fazer o recadastramento, quase 1.200 já estão com o pagamento bloqueado, prestes a ser cancelado. São oriundos das duas primeiras chamadas para recadastro, feitas nos dois primeiros trimestres deste ano", afirmou Sérgio Lage, coordenador de Gestão Previdenciária do Estado do Ceará. O restante se juntou às pessoas que precisam regularizar sua situação com o governo. "Cerca de 5.400 outros favorecidos com o pagamento, estão sendo chamados neste momento. O prazo final para realizar a atualização vai até o último dia do ano", concluiu Lage.

13º salário

De acordo com a Seplag, a segunda parcela do décimo terceiro salário de quem ainda não se recadastrou também poderá ser bloqueada. O pagamento está previsto para os dias 14 e 15 de dezembro, porém, o beneficiário poderá ter problemas em receber o dinheiro, caso deixe o preenchimento do formulário e entrega dos documentos para o último dia. "O desbloqueio do benefício após o recadastramento é imediato, mas o valor só será disponibilizado na conta bancária, em dois dias úteis", esclareceu Sérgio Lage. Conforme a Seplag, há nove anos um trabalho de atualização das informações, que identificam o beneficiário desse tipo de pagamento, não era feito.

Medida é benéfica

Para o coordenador de Gestão Previdenciária, Sérgio Lage, a medida é indispensável e vai facilitar os futuros trabalhos de mesma natureza e na prevenção de fraudes contra o sistema, melhorando, inclusive a qualidade do atendimento.

"Agora, será possível fazer atualizações todos os anos, nos dias dos aniversários dos beneficiários, através de mala-direta ou pelo site, sem a necessidade das pessoas se deslocarem. Além disso, faremos uma triagem de quem continua vivo, a fim de evitar que terceiros recebam o dinheiro indevidamente", justificou Lage.

Documentação

O bloqueio é legal e, para evitá-lo, é preciso procurar qualquer agência do Bradesco ou a própria sede da Coordenadoria de Gestão Previdenciária do Estado, localizada no prédio da Seplag, no Cambeba, munido de originais e cópias da carteira de identidade, comprovante de endereço, CPF e último extrato bancário. Para evitar o cancelamento definitivo do benefício, é preciso agilizar o recadastramento até o dia 31 de dezembro deste ano. Devem se recadastrar os servidores públicos estaduais aposentados do Poder Executivo; militares estaduais da reserva ou reformados; pensionistas de ex-servidor estadual de todos os poderes; pensionistas de ex-militar; pensionista de Montepio; servidores públicos estaduais do Poder Executivo afastados e aguardando aposentadoria; e militares estaduais afastados, esperando reserva ou reforma.

(Fonte: Ilo Santiago Jr - Jornal Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.