CIVITATE - INCENTIVADORES

domingo, 8 de novembro de 2009

MAIS UM PADRE É ASSASSINADO

"Padre é assassinado dentro de casa, em Maceió, Alagoas."

"O padre Hidalberto Henrique Guimarães, 48 anos, pároco da cidade de Murici, distante 54 quilômetros de Maceió, foi encontrado morto em sua casa, no bairro Tabuleiro, em Maceió, na noite deste sábado. Ele foi esfaqueado e também recebeu pauladas. Segundo a polícia, na residência, foram encontradas marcas de sangue na parede e no chão da sala e da cozinha. Os móveis também estavam revirados.

O padre celebraria uma missa na cidade de Branquinha, na noite deste sábado, e não compareceu. Um afilhado do padre ficou preocupado e foi até a casa dele à procura de informações. Ele chamou e não foi atendido. Decidiu entrar no imóvel e encontrou o corpo do padre no chão da cozinha.

Os peritos disseram que no corpo do padre havia muitas perfurações na barriga e no tórax, além de outras na cabeça, coxa e braços. Os assassinos também teriam tentado decapitar o sacerdote. Havia no chão sinais de que o padre tentou se levantar após ser atingido. As marcas encontradas na parede seriam de suas mãos, pelas digitais colhidas.

A perícia mostrou que havia marcas de passos de duas pessoas na casa, uma calçando sandálias e outra calçando tênis. Não há marcas de arrombamento no imóvel. Ainda segundo a perícia, a porta da frente foi aberta e fechada com a chave que foi encontrada jogada na área, como se os criminosos tivessem arremessado após deixarem o imóvel. Um pedaço de pau sujo de sangue e a faca também foram encontrados.

Para os peritos, o crime deve ter ocorrido na sexta-feira e o padre estaria morto há pelo menos de 24 horas. A Polícia Civil, por enquanto, descarta a possibilidade de assalto. Há indícios de que os criminosos sejam pessoas próximas ao pároco.

Segundo o delegado José Edson, pelas primeiras avaliações, os criminosos se lavaram e também lavaram as mãos antes de deixar a casa do padre Guimarães.

O Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, lamentou a violência.

- Estamos perplexos, não somente o clero, mas toda a sociedade alagoana - disse o arcebispo.

Hidalbeto Henrique Guimarães, ordenou-se padre na Igreja de São José, no bairro Trapiche, em Maceió, no dia 14 de dezembro de 1992 e ultimamente era o pároco da Matriz de Nossa Senhora das Graças em Murici. Ele também se formou recentemente em jornalismo.

O enterro acontece no cemitério São José, no bairro Trapiche, na manhã desta segunda-feira.

A igreja católica tem registrado diversos casos de violência contra padres este ano. Em setembro, um Padre italiano Riggero Ruvolleto foi assasinado em Manaus. Em Brasília, o Padre Gisley Azevedo Gomes, de 31 anos, assessor nacional do Setor Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) foi assassinado em junho. Quatro pessoas foram presas, entre elas um menor. Em março, o padre espanhol Ramiro Ludeño y Amigo, 64 anos, foi assassinado a tiros no bairro de Areias, no Recife, em Pernambuco. Ele era conhecido por participar do Movimento de Apoio aos Meninos de Rua em Jaboatão dos Guararapes."

(Fonte: Gazetaweb e O Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.