CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 10 de novembro de 2009

MAU CHEIRO PARA COMBATER O CRIME

"Guarda vai usar gosma e mau cheiro contra o crime."

"GM de Americana recebeu um spray com odor fétido que deixa a pessoa sem ação e outro que afasta os animais
."

"Um spray com odor fétido, um que lança uma gosma grudenta que deixa a pessoa sem ação e outro que afasta os animais são as novas armas da Guarda Municipal de Americana (Gama). Os sprays foram adquiridos pela corporação para auxiliar os guardas no patrulhamento. O objetivo é reduzir os índices de ocorrência e violência durante as ações.

Segundo o diretor da Gama, Marcelo de Barros Feola, os 190 patrulheiros terão de passar por um treinamento da empresa fornecedora do produto, a Poly Defensor, de Valinhos, e a expectativa é de que nos próximos 30 dias as novas armas da Gama estejam nas ruas.

“Isso vai permitir controlar diversas situações sem o uso da força física. É uma medida inteligente, mais moderna e humana”, disse. No total, foram adquiridos 30 sprays, dez deles que lançam um cheiro repugnante no ambiente usado para isolar rapidamente a pessoa ou desocupar áreas como celas e pontos de tráfico de drogas, dez que mobilizam e afugentam animais domésticos e selvagens e outros dez de um gel biodegradável que, quando lançado no rosto, ativa uma cola que veda os olhos, deixa a pessoa sem ação e impossibilita de ser retirado com as mãos.

Todos os sprays passaram por testes e não saem com água. De acordo com o representante da empresa, Fábio Agnaldo, eles não causam danos à saúde.

Cada uma das dez viaturas operacionais contará com um spray de cada tipo. Todos são biodegradáveis, possuem base vegetal e podem ser usados até 15 vezes. Cada unidade custa entre R$ 60,00 e R$ 80,00, dependendo do modelo. “Eles podem ser utilizados até 15 vezes e tem validade de dois a três anos. É um investimento considerado baixo em relação ao benefício”, disse Feola.

De acordo com o diretor da Gama, esse primeiro lote servirá como um teste dos sprays. Serão analisados os resultados e, dependendo da eficácia, serão adotados de forma permanente pela corporação. “Os guardas continuarão a andar armados, mas essa será uma alternativa à arma de fogo”, explicou. Após a conclusão do treinamento, os patrulheiros irão receber um termo de responsabilidade e em todas as situações serão cobradas uma justificativa de uso."

(Fonte: Cosmo online, Agência Anhanguera de Notícias e Uol)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.