CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 30 de novembro de 2010

SARGENTO REGINA PODERÁ SER CASSADA

A Ex-Sargento Mary Regina dos Santos (foto acima), 42 anos, da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, que ganhou notoriedade nacional pela sua atuação na greve dos Policiais Militares daquele Estado em 2007, e que inclusive rendeu sua expulsão dos quadros da Corporação no dia 12 de setembro daquele ano, eleita Vereadora de Natal em 2008 com 5.498 votos pelo PDT, está com seu mandato ameaçado.

O vereador Heráclito Noé (PPS), relator do processo da Comissão de Ética da Câmara de Natal - RN, que investiga supostas irregularidades cometidas pela vereadora Sargento Mary Regina, apresentou ontem (29/11) aos demais componentes da comissão um parecer no qual defende a instalação de uma Comissão Especial para avaliar a cassação da denunciada. O parecer será votado pelos vereadores Bispo Francisco de Assis (PR) e Maurício Gurgel (PHS) na próxima sexta-feira e, se aprovado, segue para votação secreta, em plenário.

No texto, o relator conclui que houve quebra de decoro por parte da vereadora, flagrada em vídeos gravados em 2009, quando falava sobre suposta negociação de votos e apoios em troca de dinheiro. Os vídeos foram divulgados na internet. “Após minuciosa análise dos fatos, em parte confessados pela denunciada, restou evidenciada a lesão ao decoro parlamentar, cuja punição sugerida pelo regimento desta casa legislativa contempla apenas a hipótese de cassação do mandato parlamentar”, relata a conclusão do parecer.

Cronologia do caso

Agosto
- Um total de 18 vídeos disponibilizados na Internet mostram trechos de uma reunião de agosto de 2009, entre a vereadora Sargento Regina e membros de associações de policiais; Nos vídeos, a vereadora relata a negociação do voto que deu para Dickson Nasser (PSB) na eleição da mesa diretora da Câmara, supostamente em troca de cargos que somavam R$ 10 mil em salários; fala da necessidade de dinheiro para obter apoios; revela que servidores de seu gabinete dividem a remuneração com outras pessoas da equipe; defende que se force a categoria militar à mobilização; acusa colegas de Câmara de um possível enriquecimento ilícito; e mesmo dizendo “detestar” o senador José Agripino (DEM), afirma que está defendendo “o dinheiro dele”, que a estaria ajudando com espaço na mídia.

Setembro
- No dia 14 a denúncia chega ao presidente da Câmara, vereador Dickson Nasser (PSB);
- Uma semana depois é repassada à Comissão de Ética, para que se investigue a possível quebra de decoro parlamentar ;
- O PDT inicia uma apuração prévia a respeito do assunto e no dia 20 a vereadora é ouvida pelo partido.

Outubro
- No dia 8, Sargento Regina presta depoimento à Comissão de Ética da Câmara Municipal.

História de luta pela classe Policial Militar

A Vereadora Sargento Regina entrou na Polícia Militar do Rio Grande do Norte em 1990, onde fez parte da primeira turma feminina.

Em 1992 participou da primeira turma de formação de Cabos mista, era uma das nove mulheres entre 117 homens. Autorizada pelo então Comandante do Policiamento da Capital, Major Hugo, foi a primeira mulher a usar arma na PM do Estado e trabalhar no policiamento ostensivo. Até então as mulheres só atuavam nos setores administrativos.

A Sargento Regina no ano de 1996 entrou para a Associação de Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Rio Grande do Norte ainda como aluno-sargento (Al-Sgt). Formou-se Sargento como 1º lugar da turma e em 2002 iniciou sua luta pela categoria militar estadual, atuando como vice-presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos.

Em 2004 foi eleita presidente da Associação, sendo a primeira mulher a comandar uma entidade representativa militar.

Ao fim do triênio em 2007, mesmo após a expulsão da Polícia Militar, teve o mandato prorrogado na Associação por mais um ano como reconhecimento das conquistas.

Em 2008 foi eleita vereadora de Natal - RN com 5.498 votos.

(Fonte: Com informações da Tribuna do Norte)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.