CIVITATE - INCENTIVADORES

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

JOSÉ SERRA DIZ QUE O NORDESTE PRECISA DE GRANDES INVESTIMENTOS


"Serra diz que pretende investir em distribuição de água e em moradia no Nordeste."

"O candidato à Presidência da República pelo PSDB, José Serra, disse hoje que é preciso voltar a fazer grandes investimento no Nordeste para solucionar problemas como o da seca.

"Vou voltar com esses grandes projetos de investimento na adução de água e na irrigação porque a irrigação diminuiu muito no Brasil. Está se fazendo a transposição do Rio São Francisco, mas é preciso levar a água do São Francisco para quem está do lado do São Francisco.%u201D"

Serra esteve reunido na tarde de hoje com membros da Associação dos Nordestinos de São Paulo (Anesp), na zona norte da capital. Essas pessoas entregaram várias reivindicações a Serra, a maior parte delas sobre moradia. Serra prometeu investir no setor. "Temos que enfatizar moradia para as famílias que ganham até três salários mínimos."

Segundo o presidente da Anesp, Carlos Roberto, outros candidatos à Presidência da República também foram convidados a participar de um encontro com a associação, mas até agora não responderam ao convite.

"Como presidente, vou olhar para o Brasil como um todo. Não é possível que o Brasil se desenvolva sem que todas as suas regiões se desenvolvam também. E dentro das minhas prioridades cabe um lugar muito importante e especial que é o Nordeste", disse Serra, depois de ter arriscado até alguns passos de dança nordestina com representantes da associação.

Segundo o candidato, os investimentos serão principalmente na área de infraestrutura. "Temos que investir bastante em estradas, ferrovias, portos e aeroportos. E muito em saúde, em segurança e educação, inclusive na educação para o trabalho", destacou. "O porto de Salvador é hoje o mais engarrafado e o mais precário do Brasil. A mercadoria baiana vai para [o porto de] Suape, em Pernambuco, e vem para Santos [litoral de São Paulo] para ser exportada, quando poderia ser exportada de lá mesmo, com custos menores para os exportadores e com mais emprego para quem lá mora."

(Fonte: Agência Brasil e Terra)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.