CIVITATE - INCENTIVADORES

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

25 DE AGOSTO - FELIZ DIA DO SOLDADO


"Hoje, 25 de agosto, ao celebrarmos o Dia do Soldado, reverenciamos a figura de LUÍS ALVES DE LIMA E SILVA, o Pacificador, Duque de CAXIAS.

CAXIAS foi escolhido para Patrono do Exército Brasileiro pelos seus valores, seus predicados de bravura, sua honradez, sua desambição pessoal, seu profundo amor ao BRASIL e, principalmente, pela sua liderança. Buscou-se um soldado-modelo, cujos princípios não desbotassem com o tempo e servissem como referencial permanente a impulsionar as gerações que se sucederiam.

CAXIAS foi um líder que conduziu seus homens à vitória em todos os combates que enfrentou para manter a unidade nacional e a integridade do território brasileiro. Muitos dos seus liderados tombaram nos campos de batalha para que a Nação prosseguisse unida, livre e soberana. Esse é um dos aspectos singulares da profissão militar: liderar homens em condições excepcionais, levando-os até à morte, se preciso for, em defesa de um bem maior do que sua própria vida. Em tempos de facilidades, apegos ao conforto e fragilidade de compromissos, como fazer alguém honrar o juramento de dedicar-se inteiramente ao serviço da Pátria, defendendo-a com o sacrifico da própria vida? Só vejo uma forma: incutindo valores, exigindo o sacrifico da superação, acostumando ao necessário desconforto, e ensinando o significado de honra, liberdade, soberania, Pátria e Deus. E como fazer isso? Dando exemplos. E os exemplos têm que ser percebidos na vida dos comandantes de todos os escalões, no concreto de sua existência. A palavra e a vida do comandante precisam estar perfeitamente alinhadas.

A autoridade e a liderança provêm exatamente dessa coerência. Isso exige vocação, amor à profissão, dedicação integral, atenta responsabilidade, desprendimento e muita disciplina. Além de presença ativa e dinâmica para inibir excessos, antecipar-se a riscos, fortalecer ânimos e inspirar confiança.


O soldado serve à Pátria. Servir é o sentido maior de sua existência. À Pátria ele se doa por inteiro. Doa sua vida para que muitas outras vidas possam florescer. A missão de defender a Pátria impõe a cada soldado servidões que transcendem sua própria existência, e que só encontram abrigo em profissionais vocacionados. Se no passado, quando o Brasil era Colônia ou nascente República, essa missão era difícil, hoje, quando o País se alinha entre as principais potências emergentes, ela se torna muito mais complexa, importante e dependente de meios adequados.

As Forças Armadas são o seguro do Estado. Entendo que quanto mais valioso o bem segurado, maior deve ser o valor desse seguro. A Constituição Federal define o Exército como instituição nacional “permanente e regular”. O que dá rosto a essa permanência e regularidade são sua imprescindibilidade na paz e na guerra, sua coerência histórica e seus valores sempre alinhados com a Nação Brasileira. Nesse contexto de bem servir, cabe ao Estado entregar-nos meios adequados e suficientes, e ao Exército, identificar ameaças e dissuadi-las. Isso impõe quadros e tropa adestrados. E permanente estado de prontidão. Soldados do Exército Brasileiro, parabéns pelo seu dia maior!

Parabéns pelo seu Patrono Pacificador - o Duque de CAXIAS - que nos serve de inspiração e exemplo! Preparem-se com ânimo forte e dedicação integral para cumprir a nobre missão que nos foi confiada! Correspondam à confiança que a sociedade nos credita! Combatam o bom combate!"

(Fonte: Texto do General de Exército ENZO MARTINS PERI)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.