CIVITATE - INCENTIVADORES

domingo, 7 de março de 2010

REVISTA PORTUGUESA DIZ QUE FORTALEZA É PARAÍSO DO TURISMO SEXUAL

“Neste mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, chega para esta Vertical um exemplar da Playboy de Portugal, edição comemorativa do seu primeiro ano na Capital lusitana. A reportagem principal da edição: "Fortaleza, o Paraíso do Turismo Sexual".

Lamentavelmente, a matéria não traz nada de novo e apenas consolida a Capital cearense como a cidade do Nordeste com o maior índice de exploração sexual de crianças e adolescentes. No Brasil, superada apenas por Rio e São Paulo, segundo apuração da Playboy portuguesa.

O repórter Carlos Tomás fez um roteiro pela orla passando pelo Mucuripe, Meireles, Beira Mar, Praia do Futuro e o Serviluz, alvo de polêmica hoje entre Governo e Prefeitura por conta do projeto estaleiro Promar.

A matéria fala de tráfico humano e deixa um rastro de prejuízo para os esforços das autoridades em melhorar a imagem da cidade na Europa. ”

(Fonte: Coluna Vertical do Povo e Blog do Eliomar)

Um comentário:

  1. Infelizmente nossa capital ainda está na mídia com essa problemática da exploração sexual no turismo. Sim, pois equivocadamente no senso comum essa "anomalia" da atividade turística (como toda atividade econômica gera) é conhecida como "Turismo Sexual".

    Devemos conhecer melhor a diferença entre: prostituta (profissionais do sexo) que trabalham sem um aliciador, a profissional do sexo que é intermediada por um aliciador se configurando uma exploração sexual e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

    Enfim, no turismo é comumente vermos a confusão que se faz com garotas de programa (que não são aliciadas, e prostituição não é crime) e a exploração sexual seja ela de adultos ou crianças e adolescentes. Ambos são interpretações diferentes, não vamos colocar todos "no mesmo saco".

    Luiziânia Gonçalves
    Turismóloga

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.