CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 9 de março de 2010

CELULAR NO BOLSO DA BLUSA SALVA MULHER DA MORTE NO CEARÁ

"Uma operária foi alvejada com cinco tiros pelo ex-marido, um corretor de automóveis, no Ceará, mas graças ao aparelho celular que levava no bolso da blusa ela se salvou. A tentativa de homicídio foi nesta segunda-feira (08/03), em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza.

Sandra Maria Carneiro, 31 anos, está separada há cerca de quatro meses de Maurício Alves Carneiro, de 36 anos (foto ao lado). Mas ele diz continuar inconformado por ter sido traído. Nesta segunda, por volta das 7 horas, armado com um revólver, ele começou a rondar a casa da ex-sogra. A mãe da vítima alertou a filha e até apelou para que esperasse ele ir embora.

Ela teria decidido enfrentá-lo e saiu de casa com o atual namorado. Parte dos disparos atingiram o carro onde os dois estavam.

Um tiro pegou de raspão na cabeça de Sandra Maria. Outros dois atingiram o braço e o peito: essa bala poderia ter sido fatal se não fosse o aparelho celular no bolso da blusa ter amortecido, segundo a polícia. Levada para um hospital em Fortaleza, ela não corre risco de morte.

Mesmo ferida, Sandra Maria ainda correu para a casa da mãe, com quem passou a morar desde a separação. O ex-marido chegou a efetuar disparos dentro da casa.

Horas depois, Maurício chegou a ligar para o celular da ex-sogra, que se encontrava na Delegacia de Defesa da Mulher de Maracanaú, onde o caso está sendo apurado. Ele queria saber se Sandra Maria havia morrido e prometeu que não ia desistir até matá-la. A delegada Cesarina de Vale Cavalcante ainda conversou com ele pelo telefone. Pediu que se entregasse espontaneamente e garantiu que poderia responder o inquérito em liberdade.

Segundo a delegada, ele recusou-se.

- Ele só falava que não se conformava com o fato de ela tê-lo traído com outro em sua própria cama - disse a delegada.

Após a tentativa de homicídio, Maurício foi até a casa de um irmão pedir o carro emprestado para fugir, mas não conseguiu o veículo.

Essa não é a primeira vez que o ex-marido tenta agredi-la. Sandra Maria havia obtido na Justiça uma medida protetiva garantindo que ele não poderia se aproximar da casa dela.

Segundo a delegada, o Dia Internacional da Mulher foi atípico e cheio de ocorrências. Até o princípio da tarde, ela já havia registrado mais de cinco denúncias, inclusive uma contra um homem de 72 anos que ameaçou agredir a mulher."

(Fonte: Isabela Martin - O Globo; Jangadeiro online; Portal SVM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.