CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

UM JOVEM PARA SER EXEMPLO

Em meio a tantas desilusões, onde as pessoas só pensam em tirar vantagens, onde homens e mulheres vendem-se a preço de banana, alguém chama a atenção por sua dignidade e compromisso em ser de Deus.


Daniel um Jovem como tantos outros, cheio de ideais e sonhos, teve seus planos frustrados por um edito real, sendo levando para longe da sua terra, ele não perdeu o animo antes em tudo fez questão em sempre ser diferente.


Daniel era jovem, de boa aparência, não tinha nenhum defeito físico, de família nobre, inteligente e letrado, possuía vasto conhecimento da sua cultura, no entanto foi levado como escravo para servir no palácio do rei numa terra longínqua, isso em momento algum fez com que ele reclamasse da vida, ou se sentisse inferior.


Tantos outros jovens que igual a Daniel também tiveram o mesmo destino, arrancado do seu convívio familiar para um lugar estranho. Daniel não desanimou e virou destaque, mesmo sabendo que onde ele estava não era o que ele tinha planejado para sua vida, que naquele lugar ele tinha passado de ser visto para ser visado. Porém, não se importou com aquela situação que o destino lhe propôs, ele procurou fazer a diferença tirou do meio do nada forças o suficiente para não se corromper com alegarias que a sua vista parecia ideal. No meio a um exército de jovens apenas Daniel e três amigos não abriu mão da sua fé de manter sua dignidade, de permanecer fiel ao seu Deus.


Mesmo com a ordenança do rei para que dessem comidas e bebidas das melhores para aqueles jovens, Daniel e seus amigos preferiram comer apenas o que Deus colocou no seu coração, aquele banquete que aparentemente seria ideal, mão foi capaz de seduzir Daniel, porque ele sabia o que queria, onde estava o coração dele. E o coração de Daniel tinha pleno prazer nas coisas que vinda de Deus não nos prazeres que o mundo oferecia.


Daniel tinha todos os motivos para se corromper, na ótica humana o que ele teria a perder? A capacidade e estudo que ele tinha? Não lhe serviriam de nada naquela situação, ele estava prisioneiro, escravo no palácio. Podia, quando percebeu a possibilidade de mudar de vida tirar proveito da situação, ele sabia das suas qualidades, ele tinha exatamente o que o rei deseja, poderia ter se vendido, ter pensado em si dar bem, em tirar vantagem sobre os demais, no entanto não abriu mão da sua dignidade e dos princípios que formava o seu caráter.


Daniel fez o diferencial, Ele não se dobrou, não sucumbiu diante os manjares do reino, preferiu manter-se puro no seu corpo, na sua mente e nos seus ideais, não curvou-se diante das ameaças dos seus adversários. Daniel sabia da sua integridade e da justiça do seu Deus, estava convicto que a vida dele era agradável diante dos olhos de Deus, que o seu compromisso com Deus valia muito mais que tudo que o homem ou o mundo pudesse lhe oferecer.


A sabedoria levou a Daniel destacar-se diante de todos, e Deus o honrou de tal forma que de prisioneiro passou a ser primeiro Ministro no reino de Nabucodonozor. Tornou-se grande porque foi pequeno, ganhou porque soube perder, conquistou porque soube renunciar, disse não a tudo cujo aos olhos eram belos e deliciosos, tudo que no paladar seriam dóceis, mais se ingerido tornaria fel.


O que poderia seduzir a Daniel, ele procurou desviasse, submetendo-se a vontade do seu Deus, confiando firmemente na semente que estava plantada dentro do seu coração, ele conhecia o Deus que ele servia, ele lutou na contradição, perseverou na adversidade, usou sua fé contra a razão e teve esperança, o seu foco, a sua meta estava alicerçado mediante em fazer a vontade do seu Deus.


Intimidade, era a relação de Daniel com seu Deus, ele o conhecia o suficiente para crer que Deus mudaria toda a sua história. Como de fato Ele mudou, porque Deus sonda e conhece o coração do homem e contempla todos os desejos que estão dentro dele.


Como é sua conduta diante dos olhos das pessoas, você é digno de respeito às pessoas podem te ter como exemplo, você tem recusado os manjares que o mundo te oferece, ou você se vende por qualquer coisa? Quaisquer migalhas? Dinheiro, fama, sucesso ou poder te corrompe? Onde está alicerçado o teu coração? Deus pode olhar para você e sentir alegria ou tristeza?


Você tem desejado o que não é seu? Você tem se apossado inadequadamente de algo alheio, quais os frutos que estão dentro do teu coração?


Siga o exemplo de Daniel, deseje ser igual a Jesus, não se suje, não manche tua vida, não destrua tua dignidade, você foi criado para fazer a diferença, não se curve diante deste mundo, você nasceu para ser o melhor de Deus, plantando pelo senhor, ramo de oliveira, cuja beleza enfeita qualquer ambiente onde estiver. Confie em Deus faça a diferença também, Deus honrara tua vida, e portas sem limites ele abrirá para você.


"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6:33).


(Fonte: Via e-mail de mitiellinda2011@gmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.