CIVITATE - INCENTIVADORES

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

SOB O COMANDO DO TENENTE FRED RAFAEL RONDA ATUA CONTRA O CRIME EM ACARAÚ

Na quarta-feira (19/01), por volta das 12h, a composição da viatura do Programa Ronda do Quarteirão RD 1260 composta pelo 1° Sargento PM 13208 Pinheiro, Soldado PM 25716 Freitas e Soldado PM 25350 Paulo, foi acionada pelo COPOM, informando que o Inspetor da Polícia Civil Hugo de Paula estava na Praça do Centenário, Centro de Acaraú - CE, solicitando um apoio do RONDA para verificar uma denúncia de venda de munições e possivelmente armas de fogo.

Ao chegar no local, o Inspetor Hugo disse aos policiais da RD 1260 que a denúncia era que na Casa Edmilson, estabelecimento que vende material de pesca, tinha munições e armas. Os policiais adentraram ao estabelecimento comercial e constataram em cima do balcão uma caixa de munição calibre .22. Perguntaram se havia mais munições ao dono do estabelecimento, Sr. George Iradson de Sousa Freitas, 35 anos, e o mesmo disse que não tinha mais munições, que aquela munição era de uma arma que já havia sido vendida.

Não obstante os Policiais do Ronda realizaram uma busca no comércio do acusado e encontraram:

  • 23 estojos de metal, cal 12 (espingarda cartucheira);
  • 20 estojos de metal, cal 32 (espingarda cartucheira);
  • 05 estojos de metal, cal 38 (original)
  • 04 cartuchos intactos, cal 762;
  • 500 espoletas para o uso de recarga;
  • 06 buchas redutoras (faz com que uma espingarda cal 20, receba um calibre 32.);
  • 47 cartuchos cal 22;
  • 260 comprimidos PRAMIL (estimulante sexual).

Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao acusado e conduzido até a presença do Delegado Flávio Novaes, titular da Delegacia Regional de Acaraú. Foi constatada a venda porque em cada munição havia uma etiqueta com o preço do objeto, porém na delegacia o acusado confessou que estava vendendo aquela munição a pedido do seu irmão, Marcos Antônio de Sousa Freitas, e que o seu irmão havia servido o Exército, por isso teria a munição calibre 762. Marcos Antônio não foi encontrado.

Vale ressaltar que a sociedade contribuiu com a apreensão das munições e que continue assim, confiando na PMCE e denunciando.

(Fonte: Supervisor do NPC XXVIII / Acaraú)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.