CIVITATE - INCENTIVADORES

quinta-feira, 10 de junho de 2010

MAIS UM RESGATE OUSADO DE PRESOS NA GRANDE FORTALEZA

"Durante um plano de resgate do assaltante preso e condenado a mais de 50 anos, Antônio Carlito Avelino, o “Boi”, ele e outros 12 detentos fugiram da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) II, em Itaitinga - CE, na madrugada desta quinta-feira (10/06). Carlito foi o chefe do plano de fuga do IPPS, que iria dinamitar a unidade no começo deste ano.

Em abril, o acusado foi transferido para a Casa de Custódia e era o alvo do plano de resgate de hoje, mas outros presos acabaram aproveitando a oportunidade para fugir também. Segundo a Perícia, o grupo de detentos danificou as grades das celas 22 e 5, serrou uma grade de proteção, escalou a grade e danificou uma cerca. A Casa de Custódia ficou às escuras por cerca de 10 minutos e, neste momento, eles pularam.

A diretoria da CPPL II informou que houve tiroteio intenso de dois policiais que estavam na guarita da marulha. Pessoas davam apoio ao grupo do lado de fora da unidade, mas ninguém saiu ferido. Não se sabe precisar quantas eram, porém o CIOPS acredita que haviam 15 pessoas dando apoio à ação.

A direção da Casa de Custódia também declarou que a unidade não tem capacidade arquitetônica nem estrutural para comportar presos perigosos. Segundo a Capitã Keidna Carneiro, diretora da Casa, dos 968 presos, 134 são condenados da justiça e deveriam estar em presidios.

Keidna disse que tudo será investigado, inclusive a questão da queda da energia durante a fuga. Ela acredita que tudo é muito suspeito e que os presos planejaram a ação cautelosamente. Na hora da fuga, tinham dois policiais nas guaritas e apenas seis agentes penitenciários."

Os fugitivos

PAJUÇARA

Dois bandidos foram resgatados do 29º Distrito Policial, localizado em Pajuçara, Maracanaú - CE, no início da manhã de sexta-feira (04/06). A irmã de um dos presos chegou dizendo que ia levar o café-da-manhã para o irmão quando um homem que estava com ela disse que o policial permanente iria soltar o bandido.

O policial reagiu e os dois entraram em luta corporal. Neste momento, um outro homem veio, armado, e rendeu o policial. Os dois pegaram do policial as chaves da cela e soltaram o irmão da mulher, Antônio Bento Guilherme Neto, 28, e Julião dos Santos, 31. Para fugirem, os homens ainda trancaram o policial na cela.

Bento foi preso no último fim de semana, com uma pistola calibre 380. Ele responde por homicídio, latrocínio, assalto e porte ilegal de arma. Julião responde por furto, tentativa de estupro e ameaça.

(Fonte: TV Jangadeiro e Portal do Sistema Verdes Mares)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.