CIVITATE - INCENTIVADORES

sábado, 19 de junho de 2010

É UMA PARTIDA DE FUTEBOL!

“Bola na trave não altera o placar

Bola na área sem ninguém pra cabecear

Bola na rede pra fazer o gol

Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?”

"Neste tempo de Copa do mundo todo mundo é técnico. Quem entende é PHD, quem não entende é especialista. O Brasil para. O mundo para. Tudo para. Até você parou por causa do título: Futebol.

Grito de gol entalado na garganta.

Mas que fenômeno é este? Que poder é este que sai das mãos e cai para os pés?

O cardeal Joseph Ratzinger, hoje papa Bento XVI entrou nesta também. Fez uma comparação muito bacana: “o jogo seria então uma espécie de tentativa de retornar ao paraíso deixando a escravidão da vida cotidiana e seus cuidados para a vida livre daquilo que não é necessário e que, precisamente é bonito.”

A vida se confunde com a partida. Nos vemos em cada jogador no campo. A vitória do time é a vitória de nossa vida.

Vai me falar que muitas vezes você não se encontra na posição de zagueiro? Pois são tantos os ataques em sua vida. Ora vindo de pessoas, ora vindo por situações da própria vida. Tem que ter força para chutar para bem longe a solidão, a tristeza, o desânimo.

Conheço muita gente de raça que são ótimos laterais, ou seja, repõem a bola em jogo quando esta sai pelas laterais do campo. Afinal entenderam que nem tudo está perdido. E pelo fato de ter “saído” do campo a bola, o jogo não pode parar. Gente que acorda a cada dia e diz: “Hoje pode ser tudo diferente”.

Como goleiros não queremos deixar passar nenhuma oportunidade de felicidade. Em nossas mãos, esta a oportunidade de não deixar a bola passar!

No jogo da vida: Todos somos atacantes.

Temos sede de gol. Vitória!

E na verdade saudade de céu!

No campo as posições definem a área de atuação de um jogador, mas não o prendem a ela. Jogadores podem trocar de posições, sendo isso bem freqüente. Na vida é a mesma coisa, tem hora que você precisa agir como goleiro e defender o que acredita. Tem hora que você é lateral, tem que pegar a bola que saiu do jogo e acreditar que é preciso continuar jogando. Pois ainda temos o tempo de prorrogação! Tempo de Misericórdia. Mas todos querem fazer o gol.

Não sei em que posição você está no campo da vida, mas te pergunto:

Quer fazer gol?

Então não pare em uma falta que cometeu. Mesmo que o cartão amarelo tenha sido levantado, você tem direito de gritar o gol da vitória.

Acredite. Deus é fiel. E na verdade é o técnico que te motiva a sempre ir além. Pois sabe que na vida, você é mais que vencedor!

Quero ler seu comentário dizendo em qual posição está jogando. E como tem sido seus dias de jogo. Quero fazer torcida por você. Meu grito, minha oração!

Lembre-se: A coroa da vitória te espera."

(Fonte: Adriano Gonçalves - Via e-mail do Jocélio Quintela)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.