CIVITATE - INCENTIVADORES

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

DELEGADO DA PF PERDE O CARGO POR VAZAMENTO DE INFORMAÇÕES

"Acusado de vazamento de informações sigilosas e porte de entorpecentes e armas não registradas, o ex-delegado de Polícia Federal Paulo Cauby Batista Lima foi condenado nesta segunda-feira (26) pela Justiça Federal por improbidade administrativa, decisão do Juiz Federal da 6ª Vara, José Eduardo de Melo Vilar Filho.

Diante da sentença, o ex-delegado teve decretada a perda do cargo de delegado da Polícia Federal, além de estar proibido durante três anos de fazer contrato com o poder público ou de receber benefícios fiscais ou creditícios, mesmo que seja por intermédio de pessoa jurídica.

Também teve a suspensão dos direitos políticos por um prazo de cinco anos e a condenação ao pagamento da multa civil no valor de cem (100) vezes a remuneração recebida por o ex-delegado da Polícia Federal.

A diligência feita na casa do ex-delegado resultou na busca e apreensão de entorpecentes e armas sem licença, decorrente de flagrante delito. O processo judicial foi iniciado em 2003 pelo Ministério Público Federal no Ceará com ação de improbidade administrativa ajuizada pelos procuradores da República Alexandre Meireles Marques e Alessander Sales.

Paulo Cauby repassava informações sigilosas para doleiro

O ex-delegado Paulo Cauby Batista Lima repassava informações sigilosas para o doleiro Alexandrer Diógenes Ferreira Gomes. Os peritos concluíram que as pessoas diretamente interessadas estavam sendo alimentadas com informações privilegiadas de dentro da Polícia Federal."

(Fonte: Portal do SVM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.