CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

TIROTEIO E FERIDOS NA GREVE DOS POLICIAIS DO PIAUÍ









"Policiais trocam tiros na frente do IML; três feridos"

"A promotora de justiça Leida Diniz solicitou a prisão do tenente Alves, do Gate ( Grupo de Ações Táticas Especiais da PM), acusado de atirar contra 3 policiais civis durante o confronto das duas forças em frente ao IML de Teresina - PI, na tarde desta terça-feira (23/02).

Ela esta indo para o comando da Polícia Militar para a retirada das tropas do Instituto de Medicina Legal. No entanto, o comando da PM enviou 2 ônibus com reforço da polícia militar para a região do IML.

Policiais grevistas estão na frente do IML em conflito com policiais militares por causa da greve. Três foram feridos. Também foi ferida com gás de pimenta Jacinta Maria dos Santos.

Neste instante, a tropa de choque da Policia Militar está de frente a frente com civis. Policiais civis derrubaram a comida que seria levada para presos no IML.

A tropa de choque da Policia Militar está impedindo a entrada do carro tumba do IML e os civis querem que o carro entre. PMS continuam jogando gás de pimenta nos grevistas.

Os policiais civis afirmaram que só se retiram da frente do IML se a equipe do Gate se retirar primeiro.

O HUT informou que os agentes da Policia Civil, Domingos Sávio, da Cico, sofreu dois tiros no pé. Um está alojando ainda no pé direito. Os outros feridos são José Ferreira, do 11º DP e Araujo, do 25º DP.

O comandante Márcio, do Bope, e o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpolpi) estao no IML se reunindo para chegar a uma negociação.

O funcionário Antônio Araujo está passando mal por causa dos conflitos dos policiais já que é hipertenso. O Samu foi chamado para atendimento médico. O promotor Fernando chegou no IML.

O helicóptero do Gtap está sobrevoando a área do IML.

Após falar com os promotores de justiça Leida Diniz e Fernando Santos, o presidente do sindicato dos policiais civis do Piauí, Cristiano Ribeiro, anunciou para a categoria que todos os agentes da polícia civil irão sair da frente do IML pois ficou acertado que os promotores irão abrir um canal de negociação com o governo do Estado.

Os policiais militares vão continuar ocupando o IML, inclusive com a tropa de choque."

(Fonte: José Alves Filho - Meio Norte)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.