CIVITATE - INCENTIVADORES

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

ARNAUD RODRIGUES É SEPULTADO EM PALMAS, TOCANTINS

"Depois de ter sido velado durante toda a manhã e parte da tarde desta quarta (17/02), o corpo do ator, cantor, compositor e humorista Arnaud Rodrigues foi sepultado no final da tarde no Cemitério Jardim da Paz em Palmas. Rodrigues morreu na noite desta terça (16/02), por afogamento após um acidente de barco no Lago da Usina Hidrelétrica Luis Eduardo Magalhães.

Morador de Palmas desde 1999, Arnaud Rodrigues voltava de uma chácara com sua mulher, Celeste e dois netos, Ian e Enzo. Também estavam na embarcação o militar Wadson Silva Santos, sua mulher Ieda Ramos Alves e os dois filhos do casal, Wadson Júnior e João Vitor, além do funcionário público municipal Francisco Ribeiro da Silva, o Kiko, que pilotava o barco e continua desaparecido.

O velório na Câmara Municipal de Palmas foi marcado de muita emoção, tanto por parte dos familiares de Arnaud Rodrigues, quanto por parte de amigos que foram prestar a última homenagem. Dentre os presentes, o prefeito de Palmas, Raul Filho, o governador Carlos Gaguim, além de vereadores, deputados, esportistas, já que o humorista era um entusiasta do time do Palmas Futebol e Regatas, do qual chegou a ser presidente.

Um dos filhos, Arnaud Júnior, ressaltou que seu pai além de um grande artista, era um homem dedicado à família e que amava o Tocantins e a cidade de Palmas. Já a mulher Celeste revelou que em breve fariam 47 anos de casados e já pensavam na comemoração e agora ela não sabia o que fazer.

O prefeito Raul Filho, amigo particular de Rodrigues, disse emocionado que o artista era um grande divulgador e entusiasta de Palmas e do Tocantins. "O Arnaud era feliz aqui em Palmas", enfatizou.

O governador Carlos Gaguim ressaltou que Arnaud Rodrigues além de morar e divulgar o Tocantins, tinha atividades empresariais e contribuia significativamente para o crescimento do Estado. "Ele era um grande comunicador e propagador do nosso estado", destacou.

Amigos

Os telejornais de todas as emissoras, além dos jornais de circulação nacional, sites e emissoras de rádio, divulgaram durante todo o dia a morte de Arnaud Rodrigues e mostraram depoimentos de diversos amigos do meio artístico.

Chico Anysio lamentou a perda do amigo e ressaltou que Rodrigues era um dos artistas mais talentosos e completos do Brasil. Renato Aragão também destacou os valores artísticos e o lado humano. Também se manifestaram personalidades como Carlos Alberto Nóbrega, Silvio Santos, Ana Maria Braga e vários outros, lamentando a morte de Arnaud Rodrigues."

A MORTE

"Um acidente com um barco no Lago da Usina Luis Eduardo Magalhães na tarde desta terça (16/02), tirou a vida do ator, músico e comediante Arnaud Rodrigues. Segundo informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros, nove pessoas estavam a bordo quando a embarcação virou a cerca de 26 quilômetros de Palmas.

Uma forte chuva caia no momento do acidente, além da ocorrência de ventos fortes. O corpo do comediante chegou ao Hospital Geral de Palmas já sem vida.

Cinco pessoas foram resgatadas com vida, incluindo uma criança. Três pessoas continuam desaparecidas, sendo que uma delas seria funcionário do prefeito de Palmas, Raul Filho, identificado apenas como Kiko. As buscas continuam pelo Corpo de Bombeiros e pela Marinha, através da Capitania dos Portos.

Quem era

Morador de Palmas há mais de 10 anos, Arnaud Rodrigues nasceu em Serra Talhada (PE), em 1942. Foi parceiro de Chico Anysio em músicas e também em textos humorísticos. Com Chico formou a banda Baiano e os novos Caetanos, nos anos 70, uma paródia a Caetano Veloso e os Novos Baianos.

Ultimamente vinha trabalhando no humorístico A Praça É Nossa, do SBT, onde interpretava diversos personagens como o Coronel Totonho e o cantor Chitãoró.

Ficou famoso mesmo ao interpretar Soró Sereno, na novela Pão Pão, Beijo Beijo, da Rede Globo. Este foi, sem dúvida, seu personagem mais popular. O artista era chamado assim pelo público quando reconhecido na rua. O personagem, imigrante nordestino ingênuo e bem humorado, criado pelo escritor Walter Negrão para a novela Pão Pão, Beijo Beijo fez tanto sucesso entre o público em geral, que Arnaud voltou a interpretá-lo no filme Os Trapalhões e o Mágico de Óroz."

(Fonte: Agora Tô-Online, O Jornal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.