CIVITATE - INCENTIVADORES

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

A ESCOLA DE SAMBA UNIDOS DA TIJUCA É CAMPEÃ DO CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO

"Depois de 74 anos de espera desde seu último título, em 1936, a Unidos da Tijuca voltou ao topo do Carnaval carioca. Com o enredo É segredo, que explorava os mistérios da humanidade, a escola somou 299,9 pontos, conquistando seu primeiro campeonato na era do Sambódromo. O vice-campeonato ficou com a Grande Rio (299,4) e o terceiro lugar, com a Beija-Flor (299,2). Última colocada, a Viradouro foi rebaixada ao Grupo de Acesso e dará lugar à São Clemente no ano que vem.

Coincidências à parte, pelo segundo ano seguido o título ficou no mesmo bairro, uma vez que o Salgueiro, quinto colocado este ano, triunfou em 2009.

Fundada em 1931, a Unidos da Tijuca é a terceira escola mais antiga do Rio e ganhara seu primeiro título no longínquo com o enredo Natureza Bela do Meu Brasil.

Apresentação impressionou o público do início ao fim

Apesar de ter feito um desfile quase perfeito – perdeu apenas 5 décimos no somatório de todas as notas – foi consenso entre membros e espectadores que o ponto forte da performance da Unidos da Tijuca foi a comissão de frente. Formada por bailarinas e mágicos, ela apresentou truques na troca de roupa, que acontecia seis vezes a cada execução da coreografia. Os vestidos mudavam de estampa e de tecido, e formavam, juntos, o nome da escola.

– Trabalhar muito foi o grande segredo. Depois de várias tentativas, finalmente chegou a nossa vez – disse o carnavalesco da Tijuca, Paulo Barros, que retornou à escola depois de três anos.

O enredo teve ainda fogo simulado num dos carros alegóricos, mafiosos, personagens de quadrinhos esquiando em plataformas e até uma homenagem ao cantor Michael Jackson, falecido em 2009. A Tijuca desfilou com seis carros e 3,6 mil componentes, divididos em 32 alas.

– Estou há 25 anos aqui e finalmente consegui soltar o grito de campeão – afirmou o diretor de bateria da agremiação, Luiz Calisto Monteiro, o Casagrande. – Percebi que seríamos campeões ainda na avenida, quando deixamos a Sapucaí ovacionados. Foi um desfile típico tijucano.

Confiança na apuração

Depois de ser apontada como favorita pela maioria da crítica, a Unidos da Tijuca esbanjava otimismo durante a apuração dos votos, quarta-feira na Praça da Apoteose. Tanto é que sua comitiva de integrantes era a maior de todas as escolas e, nas arquibancadas, sua torcida compareceu em bom número.

Ao ver a conquista se desenhando, as dezenas de torcedores que foram ao Sambódromo quarta-feira começaram a puxar o coro “hoje a festa é no Borel”.

Intérprete da terceira colocada, Neguinho da Beija-Flor reconheceu a superioridade da rival.

– A Unidos da Tijuca mereceu levar este ano, mas ano que vem tem mais, e vamos brigar pelo título – disse o cantor, que, segundo informações, chegou a ligar para um amigo da Unidos da Tijuca, logo após o desfile, parabenizando-o pela maravilhosa apresentação.

Na quadra, samba, alegria e 40 mil latas de cerveja

Quatro mil pessoas e 70 mil latas de cerveja tornaram a festa na quadra da Unidos da Tijuca ainda mais animada. Logo após o anúncio da vitória o espaço já estava lotado.

Rodrigo Neri e Priscilla Mota, coreógrafos da comissão de frente, destacaram a importância do carnavalesco Paulo Barros.

– Ele é o artista do momento. Apostou no show de mágica e deu tudo certo no desfile – disse Rodrigo.

Para quem esperava ver o segredo da troca de roupas revelado, ainda não foi dessa vez. O casal não pretende revelar o truque, mas ressalta que não foram ajudados por mágicos.

Rainha da bateria, Adriane Galisteu também era só alegria.

– Meu nenê já nascerá com samba no pé e sorte. Nascerá campeão ou campeã – celebrou a apresentadora. – O Paulo Barros e o Fernando Horta mereciam esse título.

O presidente da escola, Fernando Horta, era outro de alma lavada com o título.

– Eu peguei isso aqui sem estrutura. Hoje, ganhamos sem deixar dúvidas para ninguém – comemorou Horta.

A enfermeira Rosaina Braga, 54, se dizia “encharcada pela Unidos da Tijuca”.

– Essa comemoração é perfeita, estou toda suada, mas que nem uma esponja, tomando todas e sem pensar em parar tão cedo – disse ela.

Serviço

Presidente da Unidos da Tijuca: Fernando Horta

Quadra: Clube dos Portuários – Av. Francisco Bicalho, 47 – Santo Cristo, Rio, RJ
Sede: Rua São Miguel, 430, Tijuca – Rio de Janeiro, RJ – CEP 20530-420

Barracão: Cidade do Samba (Barracão nº 12) - Rua Rivadávia Correa, nº 60 - Gamboa - CEP: 20.220-290

Telefone Barracão:(21) 2263-9679 / 2516-2749

Carnavalesco: Paulo Barros

Enredo: "É Segredo"

Cores: Azul-pavão, amarelo, ouro e branco

Internet: www.unidosdatijuca.com.br

Diretor de Harmonia: Fernando Costa

Intérprete: Bruno Ribas

Mestre de Bateria: Casagrande

Rainha de Bateria: Adriane Galisteu

MS: Marquinhos

PB: Giovanna

Comissão de Frente: Rodrigo Negri e Priscilla Mota

Sinopse: O enredo da Unidos da Tijuca em 2010 é segredo para o público. De acordo com a sinopse divulgada no site oficial da escola, muitas pesquisas foram feitas e mesmo com estudos aprofundados, reflexões, textos contendo idéias e informações importantes, não foi possível para a escola encontrar uma “definição” de sua temática."

Veja a colocação das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro:

1º lugar: Unidos da Tijuca - 299.9
2º lugar: Grande Rio - 299.4
3º lugar: Beija-Flor - 299.2
4º lugar: Vila Isabel - 298.1
5º lugar: Salgueiro - 297.9
6º lugar: Mangueira - 297.6
7º lugar: Mocidade - 296.1
8º lugar: Imperatriz - 295.8
9º lugar: Portela - 295.2
10º lugar: Porto da Pedra - 294.0
11º lugar: União da Ilha - 293.8
12º lugar: Viradouro - 290.5

Veja o vídeo da Comissão de Frente da Unidos da Tijuca:



(Fonte: O Globo; Flávio Dilascio, Carolina Monteiro e Caio de Menezes - Jornal do Brasil; O Dia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.