CIVITATE - INCENTIVADORES

sábado, 3 de julho de 2010

TASSO EVIDENCIA ROMPIMENTO COM CID E FALTA A CASAMENTO

"O rompimento do senador Tasso Jereissati (PSDB) com o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) é para valer. Convidado para ser padrinho de casamento da filha do deputado federal Ciro Gomes (PSB), Lívia Saboya Ferreira Gomes Albuquerque, Tasso não compareceu. Coube a sua esposa Renata Jereissati a tarefa de representá-lo na cerimônia organizada para 1,2 mil pessoas, no Iate Clube de Fortaleza, na noite de sexta-feira (2). Nem mesmo na cerimônia reservada, ocorrida no dia 28 de junho, na Igreja do Cristo Rei, Tasso compareceu.

Cid Gomes foi padrinho do casamento, junto com a primeira dama Maria Célia. E coube a ele ajudar o noivo Jorge Lima Albuquerque Júnior, que teve uma crise de pressão baixa. Cid correu para a cozinha do Iate Clube em busca de sal e água. Noivo refeito, a cerimônia civil prosseguiu.

Entre os convidados presentes, além de Renata Jereissati a pessoa mais próxima de Tasso era primeiro suplente do senador, Assis Machado (PSDB). Os demais políticos locais presentes eram aliados de Cid, que tenta reeleição contra o indicado de Tasso, o deputado estadual Marcos Cals (PSDB).

Ciro Gomes não quis falar com a imprensa. A articulação política coube ao deputado federal Eunício Oliveira (PMDB), candidato ao Senado. Ele circulou entre as mesas e anunciou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva virá ao Ceará na campanha para pedir votos para a candidata presidencial Dilma Rousseff. Eunício também informou que coube à prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), indicar seu primeiro suplente na tentativa de eleição para o senador. Trata-se do ex-secretário de governo de Luizianne, Waldemir Catanho (PT). O segundo suplente é o empresário Miguel Dias (PRB).

A presidenciável petista Dilma Rousseff, convidada pela mãe da noiva, a senadora Patrícia Saboya (PDT), não compareceu. Quem apareceu na festa foi o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Pouco conversou. Presentes ainda o presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Ernani Barreira; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB), candidato a vice na tentativa de reeleição de Cid Gomes; deputados federais, deputados estaduais e vereadores do arco de aliança de Cid.

A festa, que entrou pela madrugada de hoje, teve no jantar um baião de três (arroz, feijão e nozes) com carne mal passada, salada de legumes e pasta. Na saída, docinhos."

(Fonte: Lauriberto Braga, iG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.