CIVITATE - INCENTIVADORES

domingo, 20 de fevereiro de 2011

TOTALITARISMO HEGEMÔNICO - VIAGEM DO GOVERNADOR E DA CACHORRA DE EMPRESÁRIO É DESTAQUE NA IMPRENSA DO PAÍS

A viagem de férias que o governador Cid Gomes (PSB) fez entre os dias 20 e 27 de janeiro passado para os Estados Unidos e o Caribe, a bordo de uma aeronave particular de propriedade do empresário Alexandre Grendene, cuja empresa de calçados recebe incentivos fiscais do governo cearense, além de ser doador de campanha do próprio Cid, tem repercutido nos principais jornais, sites e blog do País.

No site da Revista Veja, primeiro veículo a noticiar o caso, o jornalista Reinaldo Azevedo estranhou a votação de 40 votos a um que derrubou, na Assembleia Legislativa, requerimento do deputado Heitor Férrer (PDT) que solicitava informações sobre a viagem: No avião, um empresário, um governador, uma cachorra, a babá da cachorra… Ou: Cid, o Saddam do Ceará - “Ainda que seja verdade que todo empresário que se instala no Ceará recebe incentivos fiscais, não é verdade que todo empresário que se instala no Ceará cede um jato ao governador. Se o incentivo os iguala, o presentinho os distingue”.

A Folha de São Paulo também publicou matéria sobre o assunto: Assembleia nega pedido de explicações sobre viagem de Cid Gomes - “Único a votar a favor do requerimento, Férrer vai ao Ministério Público Estadual com uma representação sobre o caso”.

No jornal O Estado de São Paulo, a coluna de Tuty Vasques fez graça com o episódio: Humor - “Cid Gomes viajou em janeiro a sós com a mulher para os EUA em jatinho de empresário beneficiado por incentivos fiscais no Ceará. Isso quer dizer o seguinte: o governador deve ter brigado com a sogra para excluí-la do passeio”.

O jornal O Globo conseguiu a primeira declaração do empresário Alexandre Grendene sobre a polêmica “carona”: Empresário, dono da Grendene, admite ter dado carona para Cid Gomes - “Eu não emprestei (o jatinho). Eu fui. É diferente. Qual o problema de eu dar uma carona? Eu ia para lá, tinha lugar, e ele (Cid) é meu amigo há 20 anos”.

Grendene

Grendene (na foto acima com Cid Gomes) é um dos fundadores da fabricante de calçados Grendene, que tem benefícios fiscais no Estado do Ceará.

Segundo a Revista Veja, os incentivos fiscais dados a Grendene foram renovados por mais 15 anos em 2009, na primeira gestão de Cid Gomes.

A empresa de Grendene também doou R$ 1,2 milhão para a campanha à reeleição do governador no ano passado.

Para o deputado Heitor Férrer (PDT), que protocolou Requerimento solicitando explicações a respeito da situação, o eventual uso do avião do empresário pode caracterizar improbidade administrativa.

"Eticamente ele não pode receber essa 'premiação'. Pedimos transparência." Disse o Deputado que teve o Requerimento indeferido na Assembleia Legislativa do Ceará por 40 x 1 - apenas ele votou favorável ao Requerimento. Cid é um totalitarista hegemônico no Ceará, e detém maioria absoluta na Assembleia Legislativa local.

Outro lado

A imprensa questionou o governador sobre o uso do avião e os benefícios fiscais, mas não houve resposta integral para ambas as situações. Cid se manifestou apenas sobre o uso do avião, dizendo que era uma carona e não envolvia dinheiro público, ademais estava de férias e não tem que dá satisfação a respeito da sua vida pessoal.

Eu estava em Fortaleza e fiquei sabendo que o governador também ia para os Estados Unidos. Fomos eu, minha esposa, a minha cachorra, a babá da cachorra, o Júlio Ventura, o governador e a esposa dele”. Disse Alexandre Grendene, empresário gaúcho que levou o governador Cid Gomes para passear de jatinho nos EUA, revelando que não faz diferença entre amigos, parentes e a cachorra, mas sem contar quem viaja sentado ao lado da melhor janelinha.

A fabricante de calçados gaúcha começou a transferir sua produção para o Ceará em 1990, devido à concessão de benefícios fiscais. A parte administrativa ainda funciona no Rio Grande do Sul.

Hoje, a Grendene possui nove unidades no Ceará. A maior parte delas fica em Sobral, cidade onde Cid Gomes foi Prefeito duas vezes.

A primeira fábrica no município foi inaugurada em 1993, quando o governador era Ciro Gomes, irmão de Cid, ambos hoje no PSB.

(Fonte: Brasil_da_corrupção, Jangadeiro online, Coluna do Augusto Nunes - Veja, Estado de São Paulo, O Globo, A Folha de São Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.