CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 26 de outubro de 2010

SERRA DIZ QUE GOVERNO É ENTIDADE DE TODOS E NÃO DE UM PARTIDO

"Na manhã deste domingo, 24/10, de 30 a 40 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, se reuniram próximo ao Posto 6 em Copacabana, Rio de Janeiro, para participar da grande ‘Caminhada pela Paz e Democracia’ em apoio à candidatura de José Serra a presidente da República.

O candidato percorreu a orla carioca em cima de um trio elétrico, ao lado de Fernando Gabeira (PV-RJ), dos governadores eleitos Geraldo Alckmin (SP), Antônio Anastasia (MG) e Rosalba Ciarlini (RN), e dos futuros senadores Aloysio Nunes (SP), Aécio Neves e Itamar Franco (MG). Também estiveram presentes as atrizes Maitê Proença, Rosamaria Murtinho e o escritor Ferreira Gullar.

Serra começou seu discurso falando sobre a escolha da cidade maravilhosa para a realização de seu maior comício eleitoral. “O maior comício dessa campanha e que eu já participei na minha vida é este aqui no Rio de Janeiro. O Rio é a nossa identidade nacional, nenhum outro lugar expressa melhor para todo o mundo o que é o Brasil”, afirmou.

Em seguida, o candidato da coligação “O Brasil pode mais” reforçou a importância dos valores democráticos para a sociedade brasileira: “Para nós, a democracia não é um instrumento para se chegar ao poder e depois jogar fora. Para nós, democracia é uma maneira de viver, está entranhada no nosso comportamento. Nós sempre tratamos os nossos adversários como competidores, não como inimigos, e seguiremos assim”. E completou: “Mandato significa servir ao povo e não se servir do povo. Por isso que nós temos um valor fundamental: a solidariedade. Eu estou na vida pública para servir ao povo”.

Serra também se comprometeu a estatizar as empresas estatais, em nome de um desenvolvimento e progresso econômico que ofereça melhor qualidade de vida e emprego à população: “Eu defendo a Petrobras como uma empresa estatal, que deve servir ao povo brasileiro e não como cabide de emprego, nem instrumento de negociação em alianças espúrias para governar o nosso País. Eu vou estatizar as empresas estatais, que não mais servirão a interesses privados de partidos”.

No final, José Serra pediu votos e o apoio de todos nesta última semana de campanha do segundo turno: “São sete dias que mudarão a história do Brasil. Esta manifestação mostra que nós podemos e vamos dar a virada em direção à vitória”."

(Fonte: PSDB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.