CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 25 de maio de 2010

GRANDE FORTALEZA - "GUERRA? 725 MORTOS ESTE ANO"


"O assassinato do turista italiano Giuseppe Paparone, 52, em Fortaleza, é mais um capítulo do avanço da criminalidade na Capital cearense e sua região metropolitana. Os números dos homicídios na RMF este ano são assustadores e sem precedentes. De zero hora do dia 1º de janeiro até a noite de ontem (24), nada menos que 725 pessoas foram assassinadas, contra 485 em igual período de 2009, o que representa um aumento da ordem de 49,4 por cento.

Somente no último fim de semana, foram 18 pessoas assassinadas, sendo 12 em Fortaleza, duas em Pacajus e uma em cada um dos seguintes, municípios, Pacatuba, Maracanaú, Eusébio e Maranguape.

Entre as 18 vítimas, estão duas mulheres (uma delas permanece sem identificação) e um adolescente de 16 anos.

Catorze das 18 pessoas foram mortas a tiro. Ocorreram ainda dois casos em que os corpos apresentavam marcas de crueldade, como queimaduras, pés e mãos amarrados e os cadáveres - despidos - jogados às margens de estradas de terra ou em matagais de difícil acesso nos Municípios vizinhos.

Dos 18 crimes, em apenas dois deles houve a prisão em flagrante dos acusados. O primeiro deles aconteceu às 18h35 de domingo, na Rua Ávila Goulart, no bairro Vicente Pinzón (zona leste), onde o trabalhador Francisco Tomás, 42, foi detido por policiais do Ronda do Quarteirão depois de matar, a facadas, sua ex-mulher, Francileuda Conceição Gomes, depois de mais uma discussão por causa do fim do casamento.

O segundo flagrante - também feito por policiais do Ronda - aconteceu no Conjunto Alvorada, onde os PMs detiveram um adulto e um adolescentes acusados de matar o turista italiano durante um assalto.

Na Rua Moisés, bairro Vila Velha II (zona oeste), a vítima foi Francisco Wagner da Silva Carneiro, 20, executado, a tiro. Segundo a Polícia, ele era acusado de vários assassinatos e teria em seu poder uma ´lista´ com o nome de dez pessoas que deveriam ser eliminadas. Duas delas já foram mortas.

Crimes

Na Rua Abelardo Barbosa, na Barra do Ceará, a Polícia recolheu o cadáver de Pablo Wagner Miranda Severiano. Francisco Evandro Gonzaga de Oliveira, 36, foi assassinado, com vários tiros, na mesa de um bar na Avenida do Contorno Oeste. Na hora da fuga, os criminosos, que estavam em uma moto, ainda atiraram contra uma patrulha do Ronda do Quarteirão e conseguiram escapar na perseguição.

O adolescente Wenerson Andrade da Silva, 16, tombou morto, com vários balaços, na Rua Um do Conjunto Novo Mondubim. Dois cadáveres, sem identificação, foram encontrados com marcas de tiros e tortura no Eusébio e em Pacatuba.

Na Rua Miguel Calmon, no limite entre os bairros Vicente Pinzón e Praia do Futuro, populares se depararam com o corpo de um jovem que foi assassinado a bala. A Polícia identificou a vítima como Tiago da Silva Maia, de apenas 20 anos. Mais crimes de morte ocorreram nos bairros Bonsucesso, Alagadiço Novo, Siqueira e Aerolândia.

No bairro Croatá II, em Pacajus (Região Metropolitana de Fortaleza), os irmãos Raimundo Nonato e Francisco José do Nascimento foram fuzilados na porta de uma residência."

(Fonte: Fernando Ribeiro - Diário do Nordeste)

2 comentários:

  1. PQ SAI TODO MUNDO, É AFASTADO QUALQUER POLCIAL PELA A MENOR SUSPEITA SEJA LÁ QUAL FOR! CERTA VEZ O SECRETÁRIO ROBERTO MONTEIRO AFASTOU O DIRETOR DO IML NO CASO DOS CORPOS ENTERADOS SEM CAIXÃO, ALEGANDO INCOMPETÊNCIA NO CARGO....E O AUMENTO DA CRIMINALIDADE, DESCONTENTAMENTO DA FORÇA POLICIAL , GERENCIADA POR ELE NÃO É INCOMPETÊNCIA???????

    ResponderExcluir
  2. "Se o general cuida de seus homens com dignidade, obterá deles a força MÁXIMA'. (SUN TZU) - NOSSO GENERAL NÃO SABE DISSO?

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.