CIVITATE - INCENTIVADORES

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

MEMÓRIAS DE UM CORONEL DE POLÍCIA 271

Final de ano é comum as empresas, instituições e as pessoas em geral se reunirem em torno do Natal comemorando o nascimento de Cristo e cumprindo outros ritos influenciados pelas religiões e convenções sociais. É momento para comemorar, estar juntos, dizer obrigado, estreitar laços de amizades e familiares, e principalmente reverenciar Cristo e agradecer a Deus. É também tempo de relembrar...

Foi nessa última situação, que uma amiga que trabalhou conosco alguns poucos anos atrás ao nos telefonar ontem para desejar um Feliz Natal relembrou das comemorações de final de ano que fazíamos quando trabalhamos no Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), a Central 190 de Fortaleza e Região Metropolitana.

A dileta amiga disse que nunca havia jogado futebol e ficou maravilhada quando inovamos e fizemos constar nas nossas atividades e festividades de final de ano os torneios esportivos, dentre eles o de futebol society, tendo ela participado ativamente do torneio feminino.

É verdade, acabei relembrando que estabelecemos esse tipo de evento incentivado por outros colegas de trabalho. Passamos a realizar um torneio de futebol society nos campos de uma fábrica textil, no bairro do São Gerardo, em Fortaleza, e lá passávamos quase um sábado todo reunidos através do esporte. Era interessante.

Por coincidência recente, graças a um companheiro de caserna, tivemos acesso a algumas fotos daqueles eventos realizados entre setembro de 2001 e fevereiro de 2005, principalmente fotos dos torneios de futebol society do final de ano, que denominamos de Torneio da Amizade, constando inclusive fotos do 1º time de futebol feminino e outras das equipes dos órgãos vinculados que trabalhavam naquele CIOPS.

Vejamos:

Um comentário:

  1. Os argentinos são fanáticos do futebol!
    Perto de minha hospedagem Buenos Aires haviam muitos lugares para jogar.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.