CIVITATE - INCENTIVADORES

sábado, 30 de janeiro de 2010

FORTALEZA - UM ASSASSINATO A CADA 55 MINUTOS

"Dez pessoas foram mortas a tiros em um intervalo de 9h10min de quinta-feira na Região Metropolitana de Fortaleza. O número é superior à média de ocorrências de um fim de semana e contribuiu para o acréscimo de 15% no número de mortes em relação a janeiro de 2010."

"Dez homicídios a bala e oito lesões corporais, também por uso de arma de fogo, foram registrados pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), em um intervalo de 9h10min, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo a Polícia, os crimes aconteceram das 13h29min às 22h39min de quinta-feira. As agressões foram motivadas por dívida com traficantes de drogas, por vingança ou por acerto de conta, conforme o Ciops. A Polícia apreendeu ainda seis revólveres 38 e uma outra arma de fogo artesanal, com munição cartucho 40.

O número de assassinatos com uso de armas de fogo, na quinta-feira, é maior que a média de um fim de semana e contribuiu para o acréscimo de 15%, em relação aos 28 primeiros dias do ano, diante do mesmo período de 2009, com base nos da Ciops e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Entre os homicídios está o do soldado Antônio Sidney da Silva Barreto, 35, executado fardado com dois tiros na estrada da Taquara, em Caucaia. A Polícia chegou a interrogar um adolescente de 17 anos, flagrado com um revólver, mas ele foi liberado após a família se comprometer a apresentá-lo ao juizado da comarca, na próxima terça-feira. Apesar do flagrante da arma, a Polícia ainda não considera o adolescente como suspeito do crime contra o policial militar.

Os outros crimes ocorreram em Caucaia, e nos seguintes bairros de Fortaleza: Montese, Floresta, Barra do Ceará, Caça e Pesca, Bom Jardim, Dunas, Vila Velha e Messejana. Ontem, até o início da tarde, nenhum assassinato a bala havia sido registrado pela Polícia. Mas dois homens tentaram executar a tiros uma pessoa, no bairro São João do Tauape.

Outro policial

Após o assassinato do soldado Sidney Barreto, a Polícia Militar levou um outro susto na manhã de ontem, na Bela Vista, diante do assalto contra um sargento da corporação.

O policial militar foi abordado por um casal e teve a arma roubada. Ele estava de folga e não se feriu durante a ação dos criminosos. Uma adolescente de 17 anos foi detida."

(Fonte: Landry Pedrosa e Nicolau Araujo - O Povo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.