CIVITATE - INCENTIVADORES

domingo, 11 de abril de 2010

VEM FALE-ME DO AMOR

Conte-me todos os seus segredos
Seus truques e artimanhas
Como nasce o desejo?
Vem fale-me do Amor
Do calor de um beijo roubado
Dos olhares tímidos trocados
Do arrepio que o corpo sente
Vem fale-me do Amor
Daquele recheado de carinhos
Daquele enfeitado de sonhos
Daquele que chega de mansinho
e rouba o coração para sempre
Vem fale-me do Amor
Deste que é feito em sentimentos
Que é puro e verdadeiro
Que ultrapassa o tempo e
não tem fim.


(Fonte: Christine Fugiwara - Por e-mail da Carla)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.