CIVITATE - INCENTIVADORES

terça-feira, 13 de abril de 2010

A DIETA DOS SIGNOS

"A astrologia estuda o céu, o posicionamento dos planetas e outros astros e elementos, para avaliar o que se passa na vida das pessoas. É uma atividade milenar, repleta de simbolismos e que tem (dificilmente vamos discordar) a grande capacidade de virar assunto na mesa do bar. No restaurante e no cafezinho da firma? Também. “Ah, você nasceu no dia 8 de abril... Áries?”. Quem, mesmo descrente até o último fio de cabelo, nunca ouviu ou falou algo do gênero?

Se no papo de balcão ela é associada ao jeitão de cada pessoa, a rigor e por definição, a astrologia tem relação com astronomia, tempo, matemática, medicina alternativa, botânica. E tem a ver também com as escolhas que fazemos na hora de comer, afirma a astróloga Valérie Lafay. Francesa de Paris, Valérie é chef de cozinha e usa as duas formações para elaborar cardápios que associem os alimentos a características de elementos do zodíaco (água, terra, fogo e ar).

Há algumas semanas, a convite da Pousada do Engenho, no Rio Grande do Sul, Valérie orientou a confecção de pratos para um banquete com essa inspiração. A base para a pesquisa foi um livro cuja primeira edição data dos anos 80: La Cuisine Astrologique. Sem tradução para o português, foi escrito por Marie Geberg e Monique Maine.

Quando a informação sobre esse jantar astrológico chegou à redação do iG Comida, as reações foram óbvias. Entre curiosos, interessados, céticos e piadistas, as perguntas foram as suspeitas de sempre: a dieta astrológica faz sentido? Qual ingrediente combina com o meu signo?

A internet está povoada de sites que oferecem previsões – assim como todos os dias a seção de signos do jornal é infalivelmente alimentada e publicada. Alguns endereços em inglês entregam também recados diários bem específicos. São páginas de “food astrology”. Encontramos informações do tipo “o geminiano hoje está em conflito com as próprias convicções, por isso é melhor deixar de lado a mesmice da comidinha italiana e dar uma chance para sabores diferentes. Algum prato do mar, da cozinha peruana, por exemplo.”

Afinal, para que serve uma informação como essa? “Para fazer a análise nutricional, gastronômica, de uma pessoa por meio do mapa astral, é preciso antes de tudo verificar quais planetas estão na casa da saúde e como estão associados a outros astros”, avalia o médico Alex Botsaris, clínico-geral formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e especializado em medicina oriental. “É complexo e cada pessoa tem um mapa próprio.”

A astróloga Rosa Di Maulo, de São Paulo, explica que cada elemento determina um tipo de metabolismo. Isso significa que para signos de fogo, terra, água ou ar, as necessidades em tese são específicas. “Existem mais distinções entre os elementos que entre os signos propriamente ditos e, para conhecê-las, é preciso analisar o mapa pessoal”.

Antes que o leitor mais cético profira um “só faltava essa”, convidamos a conferir as características gerais elencadas abaixo. As informações foram apuradas junto às astrólogas Rosa Di Maulo e Valérie Lafay. Lembramos que dados mais específicos sobre cada pessoa só podem ser obtidos por meio da análise do mapa astral, feita individualmente por profissionais especializados.

Fogo: áries, leão e sagitário
Tendem a ser ativos, competitivos e adeptos de atividades físicas intensas. A carne vermelha funciona como fonte de energia, que também pode ser obtida com dietas ricas em carboidrato e bem equilibradas nutricionalmente. Do contrário, descontam na alimentação: comem muito e rápido, sem tanto critério. Isso pode desequilibrar o organismo. Legumes, frutas e temperos de tonalidade amarela, laranja, vermelha e verde fazem bom papel na dieta. Espinafre, brócolis, curry e pimenta são aliados na composição dos pratos.

Áries: o que atrai o ariano é o diferente, as cores fortes (roxo e marrom) e as receitas à base de vinho. Embora receptivo a novidades, prefere a mesa simples e bem posta e as receitas práticas.

Leão: o leoninos adoram comer, sobretudo carnes nobres, como cordeiro e pato. Valoriza conforto e fartura à mesa. Costuma ser atraídos por pratos refinados, elaborados detalhadamente.

Sagitário: o sagitariano dá importância a produtos, comidas e bebidas reconhecidos por marca e qualidade. Há uma queda por luxo e requinte, mas a trinca molho, massa e carne também funciona.

Terra: touro, virgem e capricórnio
Com paladar apurado, têm uma queda também por pratos que incorporam ingredientes subterrâneos, como batata, mandioca e gengibre. Gostam de carne branca, magra e grelhada e, por terem o metabolismo mais lento, a digestão de alimentos pesados e gordurosos pode ser mais vagarosa. Tendem a preferir sabores com alguma memória afetiva, mas não espantam novidades.

Touro: receitas familiares, simples e que saciam o apetite rapidamente são as preferidas. Ervas (tomilho e alecrim) que remetem ao campo agradam o paladar, assim como carnes, patês, quiches e tortas.

Virgem: o virginiano prefere apreciar sabores isoladamente, sem muitas misturas e exageros de molhos. Costuma ser atraído por soluções simples, folhas e leguminosas bem apresentadas e em pratos leves.

Capricórnio: com apetite mais para o clássico, o capricorniano fica mais à vontade diante da mesa simples, sem luxo ou comidas extravagantes. Gosta especialmente de carnes cozidas.

Água: peixes, câncer e escorpião
Pratos com molhos e especiarias agradam o paladar dos signos da água e, em tese, não fazem mal nem mesmo se o organismo estiver fragilizado em virtude de problemas emocionais. Tendem a gostar mais das sobremesas do que dos pratos de sal, mas comem quase de tudo.

Peixes: misturas e experimentações lúdicas abrem o apetite do pisciano. Gosta de comidas menos triviais e pratos que misturam quente e frio, doce e salgado.

Câncer: conforto no paladar é o que mais encanta o canceriano. Agradam pratos que incorporam peixes e frutos do mar em receitas "macias" e sem muita variedade de textura, como os risotos.

Escorpião: rum, café e limão, nas bebidas, associados a pratos bem elaborados costumam incitar o paladar dos escorpianos, afeitos também a combinações apimentadas.

Ar: aquário, gêmeos e libra
Alimentos de fácil digestão, sabores menos óbvios e boa companhia costumam ser a chave da boa refeição para aquarianos, geminianos e librianos. Sabem apreciar receitas que incorporam folhas, frutas, cereais e aves. O temperamento mais agitado pode resultar em sistema nervoso frágil e, consequentemente, propensão a estresse. Daí, a recomendação de bom senso no consumo de frituras, sal e carnes.

Aquário: é atraído por pratos clássicos e bem artesanais. No capítulo das sobremesas, destacam-se as musses, como a de laranja, e outras sobremesas cremosas.

Gêmeos: gosta de ser impactado pela comida e tem uma relação bastante sensorial com ela. Por ter apetite visual aguçado, fica encantado por receitas com cores vibrantes, como o vermelho.

Libra: sedução, elegância e organização são coisas que, combinadas, induzem o apetite do libriano. Pessoas desse signo valorizam pratos bonitos e repletos de detalhes."

(Fonte: Júnior Milério, iG)

Um comentário:

  1. Governo beneficia policiais militares com aumento salarial e promoções
    07/04/2010 - SECOM

    *

    Foto: Marcio Di Pietro/Secom

    Após uma longa trajetória de luta e reivindicações, os servidores da Polícia Militar do Tocantins têm suas demandas atendidas pelo Governo do Estado, através da aprovação de matérias importantes para a corporação na Assembleia Legislativa. Entre os benefícios concedidos aos policiais militares estão a concessão do auxílio alimentação, aumento salarial de mais de 35% e a regulamentação de critérios de promoções para policiais militares, que até então não possuíam tempo de serviço determinado para obtenção de uma promoção. O governo ainda instituiu o auxílio alimentação de R$ 300,00 por mês aos militares do policiamento ostensivo.

    O governo estadual também reduziu prazos para o aumento salarial, que aconteceria em quatro parcelas, previstas para julho e dezembro de 2010 e julho e dezembro de 2011, que agora foram adiantadas e reduzidas para duas parcelas, sendo a primeira em maio desse ano e outra para julho de 2011. “Queremos garantir que os nossos policiais tenham condições dignas de trabalho para então garantir a segurança do povo tocantinense”, destaca o governador Carlos Henrique Gaguim.

    Foi alterada, ainda, a quantidade de cargos previstos no quadro da Polícia Militar, que aumentou de 5.393 para 7.500, sendo 130 para cargos de oficiais e 1.977 para praças. Além disso, será concedida a promoção, por tempo de serviço efetivo, para os praças da ativa, sendo que a primeira leva será no próximo 21 de abril, data fixa para as promoções em todos os anos. De acordo com Tenente Coronel Abelardo, antes existia uma data para a promoção dos oficiais e outra para os praças.

    Para o suplente de deputado estadual Sargento Aragão, que acompanhou a votação dos projetos, o empenho da Assembleia Legislativa foi importante na aprovação das matérias encaminhadas pelo governador Carlos Henrique Gaguim, mas o essencial foi o interesse do atual governo em atender as reivindicações da Polícia Militar. “Para se ter uma ideia, em 21 anos de criação do Tocantins, a Polícia Militar só efetuou 1.540 promoções e, com a regulamentação dos critérios para esse fim, nós teremos, em apenas seis meses, 1.341 promoções, que ao contrário das anteriores não serão feitas de forma aleatória, mas baseadas em critérios que respeitam o tempo de serviço efetivo”, explica.

    “A tropa recebeu de forma muito positiva as alterações em nossas leis, pois toda perspectiva de melhoria e reconhecimento proporcionam mais incentivo para a prestação de um serviço melhor para a sociedade. Essas reivindicações já vinham sendo trabalhadas há muito tempo pelo Comando Geral da organização, portanto a tropa agradece o empenho do governador Gaguim, que realmente apoiou as alterações necessárias, nas leis que regem a Polícia Militar. Esse empenho resultou na satisfação de toda a tropa do Estado”, diz o Coronel Abelardo.

    Poderão se habilitar à promoção: Subtenente - os praças da ativa que estão há 15 anos na graduação de Sargento; Cabo PM - 20 anos ou mais de efetivo serviço; Soldado PM - 15 anos ou mais no efetivo serviço; e aluno Cabo matriculado em Curso Especial de Habilitação de Cabos – CEHC e Cursos de Habilitação de Cabos – CHC, no período de março a maio de 2010, 15 anos ou mais.

    Indenizações

    O governo de Carlos Gaguim iniciou e está pagando rigorosamente em dia o acordo fechado com a Associação de Subtenentes e Sargentos, referente a indenização salarial para 3.183 militares. São R$ 183.397.890,00 que estão sendo pagos em 96 parcelas individualizadas. O governo também autorizou a negociação com outros policiais que ficaram fora do primeiro acordo. A luta indenizatória durou mais de 16 anos e sua concretização se deu no governo Gaguim. “Com a polícia valorizada, a população passa a ter mais segurança e isso é bom para todos”, defende o governador. (Julliana Ribeiro)

    Fonte:http://www.pm.to.gov.br/noticia/governo-beneficia-policiais-militares-com-aumento-salarial-e-promocoes/2931

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.