CIVITATE - INCENTIVADORES

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

OAB DEFENDE O AFASTAMENTO IMEDIATO DA CHEFE DA CASA CIVIL DO BRASIL

"OAB defende afastamento imediato de Erenice Guerra"

"O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Cavalcante, defendeu nesta quarta-feira (15/09) o afastamento imediato da ministra Erenice Guerra (Casa Civil), Erenice Guerra, cujo filho, Israel Guerra, é apontado como lobista no governo federal. Para a entidade, ela pode influenciar nas investigações.

"Não se pode falar em moralidade, em transparência e em apuração se a ministra se mantiver no cargo", afirmou o presidente nacional da OAB. "A partir do momento em que se coloca em dúvida a credibilidade e a postura da ministra, isso é algo que deveria atrair o imediato afastamento dela".

O presidente nacional da OAB disse ainda que a ministra e seu filho devem ser investigados pelo Ministério Público e, internamente, pelo governo. "Para que essa investigação interna seja feita é necessário que haja o afastamento da ministra Erenice Guerra, já que ela pode influenciar essas investigações", disse.

Para Ophir Cavalcante, "acusações que se fazem em relação ao tráfico de influência permitido pela ministra Erenice Guerra são gravíssimas e colocam em xeque a credibilidade do próprio governo".

Para a OAB, o filho de Erenice, Israel, pratica crime ao "intermediar" conversar com a ministra. "Quanto às intermediações feitas pelo filho da ministra Erenice, são inclusive criminosas, porque ele está exercendo, ou pelo menos disse exercer, a advocacia - algo que não pode por ele ser exercido, na medida em que ele não é advogado. Ele estaria aí cometendo um ilícito penal, a falsidade ideológica, e isso tem que ser apurado pelo Ministério Público", afirmou Ophir.

Procurado pela Folha, o advogado de Israel Guerra não ligou de volta."

(Fonte: Felipe Coutinho - Folha.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.