CIVITATE - INCENTIVADORES

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

MAIS UM ESCÂNDALO AÉREO ENVOLVENDO O GOVERNO DO CEARÁ

"Cid Gomes admite uso de avião de empresa que tem contratos com o governo do Ceará"

"Denunciado por abuso de poder político e econômico, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) admitiu que está usando na sua campanha de reeleição um avião que pertence a uma construtora que tem contratos de R$ 9,8 milhões com o governo estadual e de R$ 33,4 milhões com a Assembléia Legislativa do Ceará, presidida pelo deputado Domingos Filho (PMDB), candidato a vice.

Segundo a assessoria, o Cessna de prefixo PPDLC foi alugado da Construtora CHC Ltda pelo comitê financeiro da coligação desde o dia 16 de julho ao preço de 15 reais o quilômetro rodado, dois reais mais barato do que o governo do estado paga por uma aeronave semelhante locada da empresa Easy Air, de propriedade do empresário Disraeli Ponte, amigo do governador.

A Easy Air venceu licitação em fevereiro desse ano com a aeronave PPMTG, ao custo de R$ 17,23 o quilômetro voado. A empresa que cotou o menor preço foi desclassificada.

Para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a CHC não poderia locar o avião para a campanha do governador porque foi licenciada para fins privados e não como táxi aéreo.

- A coligação alugou na boa fé. Se a empresa não tem autorização para voar, receber (alugar) ou licença é ela que precisa se explicar, disse a assessora de imprensa da coligação, Christiane Sales.

Ao pagar pelo avião, a coligação do governador pode ter ferido também o artigo 24 da legislação eleitoral, que proibe partidos e candidatos de receberem dinheiro ou estimável em dinheiro de entidades ou governos estrangeiros.

É que até 26 de julho - quando completavam dez dias da vigência do contrato de locação - o avião tinha matrícula estrangeira (N 52498) e estava registrado nos Estados Unidos em nome da empresa North Atlantic Aircraft Services to Brazil.

A matrícula brasileira da aeronave, em nome da CHC, só saiu no dia 18 de agosto. Antes disso, estava voando sem autorização da Anac que abriu um procedimento administrative e irá multar a empresa e o piloto pelos vôos irregulares.

O uso do avião pela campanha do governador foi denunciado à Justiça Eleitoral pelo candidato Lúcio Alcântara (PR), da coligação "Para fazer brilhar o Ceará". Além de Cid e o vice, Domingos Filho, são denunciados os candidatos ao Senado Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT). A assessoria do governador informou que a coligação foi notificada.

O advogado de acusação Paulo Goyaz disse que o preço a menor pago pelo avião da campanha, comparado com que preço pago pelo governo, representa uma vantagem concedida pela empresa ao candidato e isso caracterizaria abuso de poder econômico e político.

- Eu jamais faria isso, disse o governador sobre possivel irregularidade no uso do avião. - Nossa campanha tem uma contabilidade própria. Isso tudo é disponível e qualquer pessoa que queira pode acompanhar.

(Fonte: Isabela Martin - O Globo)

2 comentários:

  1. Parece que eu estou é vendo a car de "santo do pau ôco" do Cid gomes dizendo nada saber sobre essa descarada maracutaia.
    Pelo visto, não será preciso ninguém empurrar os ferreira Gomes para o abismo. Eles mesmo estão se jogando. Seria um suiCIDio político? No dia 3 de outubro todos nós saberemos!
    SD Romero

    ResponderExcluir
  2. sera um grande incidente botar esse homem novamente no puder, persegue o pobre do sertanejo tomando a moto que o cara tem pra vender o peixe o pão o frngo , para tirar o sustento da familia , com brizs abusivas com cprv e detean quantos pobres perderam a unica cisa que tinha pra trabalhar que era uma mota ja velha , agora ainda era pouco e esses 300 milhão dinheiro de mais , so perde para o assalto do banco central aqui do ceara a um tempo atraz, pelo menos os assaltantes ums estão presos e outros ja morreiram , e agora que vai ser preso , por esse desvio eu tenho minhas duvidas....

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.