CIVITATE - INCENTIVADORES

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

FORTALEZA E A VIOLÊNCIA


Ainda atônitos com o título de 7ª cidade mais violenta do mundo, matérias jornalísticas vêm dominando a mídia esta semana, dando conta da divulgação por parte do Governo Federal, da 5ª edição de levantamento elaborado pelo Programa de Redução da Violência Letal (PRVL), onde apareceu nossa querida cidade de Fortaleza como a capital com mais homicídios entre jovens no Brasil.

Por outro lado, lemos em jornais da Capital no dia de hoje, que o Ceará e Israel dialogam sobre novos acordos bilaterais. Uma das áreas de interesse é segurança pública.

Várias são as causas da violência:

  • Abandono da prevenção e a priorização de programas de governantes ao invés de programas de Estado
  • Aspectos Biopsicossocial
  • Ausência de Fiscalização e gestão do policiamento
  • Baixo nível de participação e cultura política
  • Banalidade da Violência
  • Burocracia
  • Capitalismo selvagem e o consumismo exagerado e supérfluo
  • Centralização administrativa
  • Corrupção
  • Desagregação e Desajuste Familiar
  • Descontrole de Fronteiras e Divisas
  • Desmantelamento da Estrutura Policial
  • Desordem Urbana
  • Discriminação e Preconceito
  • Drogas
  • Falta de Cidadania
  • Falta de DEUS
  • Falta de Educação
  • Falta de políticas públicas e planejamento
  • Governabilidade provinciana e politicagem
  • Insulamento dos processos de policiamento
  • Impunidade
  • Logística pesada do aparelho policial
  • Miséria
  • Ociosidade
  • Política Motivacional insuficiente para agentes de segurança pública
  • Postura hegemônica de governantes
  • Privatização da Polícia
  • Repressão isolada
  • Sistema carcerário falho
Etc, etc, etc.

As soluções e as propostas minimizadoras também podem compor um dicionário:

  • Arquitetura contra o crime e de posturas imediatas em áreas degradadas
  • Colégios Militares com ensino fundamental/médio para áreas com bolsões de miséria
  • Combate da criminalidade de massa com Segurança Global
  • Controle de natalidade
  • Choque de ordem
  • Desacralização de cultura retrograda
  • Descentralização
  • Desdobramento
  • Escalonamento
  • Fortalecimento familiar
  • Justiça de Instrução
  • Mapeamento Criminal
  • Plano Motivacional de Cargos e Carreira para os integrantes da segurança pública
  • Potencialização da prevenção e aumento da sensação de segurança
  • Retomada dos espaços públicos dominados pelos excluídos e seu amparo, encaminhamento e reinserção social, laboral e afetiva
  • Potencializar a gestão e a fiscalização da segurança - Manager
  • Quebra do TOM – Técnica, Oportunidade e Motivação do crime organizado
  • Revisão das medidas sócio-educativas
  • Revisão do Sistema Processual Penal
  • Revisão do Sistema Carcerário
  • Segurança subjetiva e objetiva conforme a vida social, política, economia e de entretenimento sistêmica da urbe
Etc, etc, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.